Tratarei nesta quarta do tema Esquizofrenia Social e Gestão da Mente Sustentável® no Encontros do Futuro, uma realização do NEF.PUC.SP, da Pós em Administração da PUC.SP e do GEPI-Grupo de Estudos e Pesquisa em Interdisciplinaridade.PUC-SP

O Núcleo de Estudos do Futuro da PUC-São Paulo, o Programa de Pós-Graduação em Administração.PUC-SP o GEPI-Grupo de Estudos e Pesquisa em Interdisciplinaridade.PUC-SP convidam para o próximo ENCONTROS COM O FUTURO, quando o Prof. Dr. Evandro Vieira Ouriques e a psicanalista Elza Araújo tratarão do tema Esquizofrenia Social e Gestão da Mente Sustentável, o primeiro tema de um livro da psicalista e o segundo a metodologia criada pelo especialista em Comunicação em 2005.

A relação com as mudanças aproxima os estados mentais (pensamentos, perceptos e afetos) do presente ao imaginário do futuro, e nessa ponte mental-temporal, constróem-se os caminhos que podem persistir na insustentabilidade ou bem conscientizar e mobilizar o cidadão e a sociedade para o bem comum. O re-encontro do especialista em Comunicação Evandro Vieira Ouriques com a psicanalista Elza Pádua tem como objetivo aprofundar nossa reflexão, e aprimorar nossa sensibilidade para avançar no diálogo entre o subjetivo e o objetivo , o individual e o coletivo, na construção de um futuro sustentável.

Prof. Dr. Evandro Vieira Ouriques

Criador do método GMS-Gestão da Mente Sustentável®: o Quarto Bottom Line (2005) é fundador e responsável pelo NETCCON-Núcleo de Estudos Transdisciplinares de Comunicação e Consciência da UFRJ. É cientista político, jornalista, gestor cultural, terapeuta de base analítica e escritor, atua também no campo das relações entre comunicação e políticas públicas sociais; bem como Diretor de Comunicação e Cultura do NEF.

Convidada Especial: Elza Pádua

Especialista em Psicologia e Comunicação Social e Autora do livro “Esquizofrenia Social”,  Elza revela o ser contemporâneo à luz da psicanálise, em sua dicotomia e fragmentação.

27 de agosto de 2008  –  das 9h às 12h
Auditório Banespa – Rua Ministro de Godói, 965 – Térreo [ao lado da Biblioteca]
VAGAS LIMITADAS
Inscrições gratuitas através do site http://www.nef.org.br <http://www.nef.org.br/>                      
Informações pelo telefone 2604-8650 ou nef@nef.org.br <mailto:rosarizzinef@yahoo.com.br>

 

Anúncios

Trato da Construção de Estados Mentais Não-Violentos na Mídia em disciplina criada para o Curso de Jornalismo da UFRJ

Acabo de criar a disciplina Construção de Estados Mentais Não-Violentos na Mídia no Curso de Jornalismo da ECO/UFRJ.
Esta é a Ementa:

DISCIPLINA
A construção de estados mentais não-violentos na mídia
Prof. Evandro Vieira Ouriques

EMENTA

A mídia não-violenta é aquela que se afirma na integração das conquistas pós-modernas da autonomia do profissional (o primado da invenção e da criatividade) com a vigência de valores universais que garantam a vinculação social, sem totalitarismos. Examinaremos a não-violência no sentido do cientista político Johan Galtung, sempre lembrando, com Gandhi, que a não-violência covarde é pior do que a violência por causas justas. Entende-se que a gestão da informação e do conhecimento dependem de uma mudança da economia psíquica do sujeito e das empresas em relação à questão da liberdade socialmente responsável (“o estado de espírito bárbaro está em cada um de nós”), através da desobediência civil mental. O que interessa, portanto, é a investigação e a prática de uma certa autonomia do papel do profissional, da linguagem e das audiências em relação ao sistema e aos dispositivos de comunicação.

BIBLIOGRAFIA

1. OURIQUES, Evandro Vieira. 2004. A desobediência civil mental: Gandhi, Comunicação e Democracia. Inédito.
2. ________________________ (org. e ed.). 2003. Diálogo entre a civilizações: a experiência brasileira. ONU. Apoio da UNESCO e da Associação Palas Athena, entre outras.
3. GALTUNG, Johan. 2003. O caminho é a meta: Gandhi hoje. Palas Athena.
4. MATTELARD, Armand e Michele. 2003. História das teorias da comunicação. Edições Loyola.
5. MATURANA, Humberto e Verden-Zoller, Gerda. 2004. Amar e brincar: fundamentos esquecidos do humano. Palas Athena.
6. MCGOLDRICK, Annabel and LYNCH, Jake. 2000. Peace Journalism: How to Do It? October. http://www.transcend.org/
7. MELMAN, Charles. 2003. O homem sem gravidade: gozar a qualquer preço. Entrevistas por Jean-Pierre Lebrun. Companhia de Freud Editora, Rio de Janeiro.
8. ZIZEK, Slavoj. 2003. Bem vindo ao deserto do real!: cinco ensaios sobre o 11 de setembro e datas relacionadas. Boitempo Editorial, São Paulo.