Viração avalia de maneira muito amável positiva nossa Roda de Conversa sobre a importância da Generosidade no fortalecimento das redes! Eu também agradeço queridos rea-sonho-listas!

Fico feliz com poder conversar com pessoas de todos os tipos, de pensamentos e organizações de vários matizes, que interessam-se pelo que penso e por minhas metodologias de mudança de atitude comunicativa, posicionando-nos para o Diálogo.

Netse sentido compartilho aqui a matéria que Gisella Hiche, desta organização preciosa que é a Viração, escreveu no site deles a respeito da recente Roda de Conversa que tivemos sobre Generosidade e Fortalecimento de Redes.   

“Viração: Grat@s Evandro Ouriques!

Gisella Hiche, da Redação (28/08/2008)

http://www.revistaviracao.org.br/artigo.php?id=1974

 

As
Rodas de Conversa da Viração são assim: senta-se em círculo, olha-se
nos olhos e compartilham-se conhecimentos de pessoas que, a seu modo,
buscam transformar nossa realidade. Elas começaram no dia 17 de abril
com o professor doutor Evandro Ouriques, da Escola de Comunicação da
Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). O pessoal gostou tanto
que pediu um bis.

Na última terça, dia 26 de agosto, o Evandro
veio, sentou-se no chão com as pernas cruzadas, em frente à bandeira
uypala e durante toda conversa chamou a atenção para o fato de estar
respirando.

Para acompanhar o Evandro, a gente teve que abrir
nossos corações para uma linguagem diferente a que nos habituamos.
Evandro articula muitos conhecimentos; acadêmicos, populares,
ancestrais. Ele reinventa posições, valores e afirma que somos “seres
portadores de linguagem, e quando se quer mudar, precisa-se mudar os
jogos de linguagem”.

Seguindo esta linha, ou melhor, espiral,
Evandro fala do tema Mídia, Mente e Ação – Seminário de Aprofundamento:
A Questão da Generosidade no Fortalecimento das Redes. Para ele, falar
em rede é falar do fluxo da vida. Resgatando a generosidade para
consigo mesmo, pode-se reentrar no fluxo da vida.

Evandro atribui
o bloqueio desse fluxo ao fundamento do pensamento ocidental, lá na
Grécia antiga, quando o homem passa a se considerar como algo fora da
natureza, quando o homem passa a se ver como cultura.

A explicação sintética que Evandro nos deu sobre essa idéia do homem se achar fora da natureza parece um pouco um exercício
de raciocínio lógico: “Quando eu não sou eu, você é o outro, quando eu
sou eu, você é eu”. Entendeu? Ou melhor, entendeu o que isso tem a ver
com redes e políticas públicas? É que a forma como abordamos essas
questões; os tais jogos de linguagem, gera um tipo de organização,
perspectiva e estratégia. O jeito como a gente se pensa no mundo diz
muito sobre como estamos efetivamente no mundo.

Evandro defende
que não existem corporações, mas pessoas com pensamento corporativo,
que não faz sentido usar o termo “direito à comunicação”, porque nós
somos comunicação, os meios de comunicação são nossas extensões. Menos
idéias e mais pessoas, isso é parte do resgate da generosidade e da
construção de políticas públicas sociais. Lembrando que políticas que
não são públicas nem sociais não são políticas.

Evandro propõe
uma libertação dos significados e termos que usamos sem refletir muito.
Por exemplo, faz algum sentido luta pela “inclusão”? Será que queremos
mesmo “incluir” pessoas em um modo de vida que é absolutamente
insustentável? Ou queremos transformar radicalmente o modelo, ou
“paradigma” da sociedade?

Evandro não pára, está seguindo o fluxo
da vida, o que às vezes contradiz nossos planos. Ele ainda nos faz
sentir a diferença de dizer “grato/a”ou “obrigado/a”. A roda vai se
finalizando, fizemos perguntas, abrimos espaço para considerar num
mesmo pensamento o budismo, a yoga, a linha “não-utilitarista” da
sociologia. Mais do que nos entregar na bandeja uma proposta sobre
“como fortalecer as redes da Viração”, ele compartilhou um pouco seu
jeito de ver e sentir a vida.

Nesta terça, na Roda de Conversa da Viração, aprofundarei o tema Mídia, Mente e Ação tratando da Questão da Generosidade no Fortalecimento das Redes

Roda de Conversa da Vira –  4º edição
Mídia,  Mente e Ação – Seminário de aprofundamento: A Questão da  Generosidade no Fortalecimento das Redes
Prof. Evandro Vieira OuriquesCom o objetivo de estimular o  debate crítico e a circulação de novas idéias a  Viração promoverá Rodas de Conversa, sempre com a  participação de um convidado especial. Nesta 4º edição, receberemos  novamente o professor doutor Evandro Ouriques  (Coordenador do Núcleo de Estudos Trandisciplinares de  Comunicação e Consciência-NETCCON/Escola de Comunicação/UFRJ), que abriu este nosso projeto. Contribua com essa  conversa. O tema será: Mídia,  Mente e Ação – Seminário de aprofundamento: A Questão da  Generosidade no Fortalecimento das Redes. Data: terça-feira, dia 26 de agosto  de 2008. Onde: Viração – Rua  Augusta, 1239 cj 11. Quando: 26/08 das 19h às 21h. Confirme por gentileza sua presença com Thays (thays@revistaviracao.org.br / (11)  3567-8688) .