Criamos o Território JPPS, a rede social on line do Curso JPPS, construído com a ferramenta ning

Neste final de março de 2009 entra no ar o Território JPPS ( http://territoriojpps.ning.com ), a rede social de nosso curso. Isto só foi possível graças à sugestão de Egeu Laus e à formação de um GT formado por Egeu Laus, Luiz Fernando Dudu e Flávia Ribeiro, alunos e ex-aluno do curso.

Na abertura do Território está lea escrito nosso compromisso:

Somos pessoas conscientes de que a condição humana é a de comunicar, e assim construir vida em sociedade; ou, então, não-comunicar e mergulhar na violência.

A oportunidade que está aberta na sucessão de crises é, portanto, um desafio de comunicação: para a comunicação, para os comunicadores, para a capacidade humana de comunicar.

Em rede, potencializamos nossas formações como ativistas, cientistas políticos, jornalistas, comunicadores, pensadores, psicólogos, servidores públicos, médicos, assistentes sociais, executivos, estudantes e profissionais de muitas áreas da complexidade humana, de múltiplos modos lideranças sociais de redes, movimentos e organizações dos três setores, reunidos pelas questões que movem o Curso de Extensão e Disciplina JPPS-Jornalismo de Políticas Públicas Sociais, criado em 2007/1 pelo Núcleo de Estudos Transdisciplinares de Comunicação e Consciência-NETCCON.ECO.UFRJ em convênio com a ANDI.

O NETCCON constrói em rede, e na conversa com nossos convidados e interessados em nosso trabalho, um pensamento novo, consciente de que nesta era pós-coletivista e pós-individualista se experimenta o vazio (que pode ser percebido como liquidez) e a imensa oportunidade de novas formas de pertencimento que não sejam as tentativas de relacionar-se com este vazio através do consumo, do medo, do produtivismo, da luta política auto-referenciada e da devoção tecnológica.

Por isto são fundamentos do JPPS:
(1) a superação da política do medo e da consequente amnésia que gera impossibilidade em todos os campos, o que, em termos acadêmicos, se manifesta na dificuldade de dar respostas teórico- operacionais aos desafios enfrentados pela Sociedade;
(2) a gestão sustentável dos estados mentais (do fluxo de conceitos) de maneira a valorizar a responsabilidade pessoal, a verdade, a virtude, a confiança e a objetividade, através dos quais é possivel o vigor do Direito à Comunicação, ;
(3) a decisão pela generosidade como fonte de referência para a moralidade do ato, entendida a generosidade não como caridade, mas como compaixão pelo sofrimento e alegria pela felicidade do outro, que sou eu;
(4) a força da não-violência e da responsabilidade socioambiental para o encaminhamento da transformação social e a superação dos fundamentalismos de todas as ordens.

Estes fundamentos falam da economia psico-social da Comunicação (esta entendida como condição do bios, do humano, do planeta e do cosmos) a cuja construção o NETCCON se dedica, no quadro da Teoria Sustentável da Comunicação que o Prof. Evandro Vieira Ouriques vem desdobrando, em rede, desde 2002.

Neste sentido o Território JPPS acolhe interativamente, para a fala e a escuta, pessoas com múltiplas perspectivas que têm algo em comum: considerarem urgente o vigor do “espírito público” e estarem dispostas a entender mais e mais que este se manifesta a partir de uma efetiva e sustentada mudança de atitude por parte da pessoa, por parte da rede, por parte da organização.

Somos portanto amigos e amigas, por escolha, uma família de pessoas físicas, jurídicas e redes agregadas na continuada construção deste destino comum.

Evandro tratará do tema O Profissional de Comunicação no Front da Política no VII Encontro de Jornalistas em Assessoria de Comunicação-SJPMRJ



O professor Evandro Vieira Ouriques tratará do tema O Profissional de Comunicação no Front da Política, no painel que dará início dia 17 próximo em Rio das Ostras ao VII Encontro de Jornalistas em Assessoria de Comunicação do Rio de Janeiro cujo tema deste ano é Assessoria de Comunicação e Relações de Poder, uma realização do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Município do Rio de Janeiro.

Falarão no Encontro, que vai de 16 a 19 de maio, os seguintes especialistas: Cláudio Gama, diretor do Instituto Mapear, Jan Theóphilo, colunista do Informe O DIA, Aziz Filho, editor da sucursal Rio da revista IstoÉ, Cristina Vaz de Carvalho, editora regional do boletim Jornalistas & Cia, Thaís Naldoni, editora-executiva do Portal Imprensa e apresentadora do programa Imprensa na TV, Marcelo Tavela, repórter do portal Comunique-se, Ivan Accioly, diretor da IAA Comunicação e Eventos, Bette Romero, diretora da Background Comunicação e Maurício Lara, jornalista e administrador de empresas.

Eis a Programação Completa:

16 a 18 de maio de 2008 no Vilarejo Praia Hotel – Rio das Ostras
Assessoria de Comunicação
e Relações de Poder
PROGRAMAÇÃO

16 de maio – (sexta-feira)
16h – Recepção e credenciamento
20h – Sessão solene de abertura
21h – Jantar

17 de maio – (sábado)
07h às 10h – Café da manhã

10h às 13h
Painel 1
O profissional de comunicação no front da política

Assessoria, consultoria e marketing em ano eleitoral. Planejamento e montagem da estrutura de campanha. A superestrutura e a candidatura sem recursos para comunicação. Interpretação das pesquisas. Reflexão sobre experiências históricas. Temas nobres e temas perigosos. Construção da imagem. A versatilidade nas adaptações de tática ou estratégia no decorrer da campanha. Relações com a mídia: repórter, editor e jornalista de imagem. Ocupação de espaços alternativos. O poder da internet. Montagem da pauta. A intervenção do jornalista nos programas eleitorais gratuitos. Relação com o marqueteiro. O limite entre a conveniência do discurso e a responsabilidade política. A defesa de idéias, movimentos e instituições. A relação entre o processo eleitoral e os interesses da cidadania.

PALESTRANTES

. Cláudio Gama, diretor do Instituto Mapear, antropólogo e mestre em Sociologia
. Hayle Gadelha, jornalista, poeta, publicitário e consultor de marketing
. Jan Theóphilo, colunista Informe O DIA
. Evandro Vieira Ouriques, jornalista, cientista político, terapeuta de base analítica e coordenador do Núcleo de Estudos Transdisciplinares de Comunicação e Consciência / ECO/UFRJ

MEDIADOR
. Aziz Filho, editor da sucursal Rio da revista Isto É e atual Secretário-Geral da diretoria do SJPMRJ

13h às 14h30min – ALMOÇO

14h30min às 16horas
Painel 2
Quando o jornalista e o jornalismo são notícia

Os veículos de comunicação que tratam o jornalista e o jornalismo como notícia: Como se desenvolveram e como contribuem para qualificação profissional. A imagem do profissional de comunicação. As especificidades do mercado. Qual o foco dos serviços oferecidos. Como as informações podem contribuir para a organização do mercado e para a reflexão sobre o fazer jornalístico. Como o assessor de comunicação se insere nesse universo.

PALESTRANTES

. Cristina Vaz de Carvalho, editora regional do boletim Jornalistas & Cia
. Thaís Naldoni, editora-executiva do Portal Imprensa e apresentadora do programa Imprensa na TV
. Marcelo Tavela, repórter do portal Comunique-se

MEDIADOR
. Ivan Accioly – diretor da IAA Comunicação e Eventos

16h às 16h45min – Painel 3
Análise de Mídia

. Bette Romero, jornalista, empresária e diretora da Background Comunicação

16h45min às 17h
COFFEE-BREAK

17h às 18h30min
CONFERÊNCIA
Comportamento dos assessores nas suas relações com o poder

.Maurício Lara, jornalista, escritor e administrador de empresas

18h30min às 19h
COFFEE-BREAK
21h
Jantar
23h
Festa de encerramento

18 de maio – (domingo)
07h às 10h – Café da manhã
13h – Almoço
16h – Retorno ao Rio de Janeiro